Topo

Fórmula 1


Galvão ironiza jogo de equipe da Ferrari na abertura da F1: "começou bem?"

Sebastian Vettel em pit stop durante o GP da Austrália - ASANKA BRENDON RATNAYAKE/AFP
Sebastian Vettel em pit stop durante o GP da Austrália Imagem: ASANKA BRENDON RATNAYAKE/AFP

Do UOL, em São ´Paulo

17/03/2019 06h42

Galvão Bueno não gostou do jogo de equipe da Ferrari logo na primeira corrida da temporada 2019 da Fórmula 1. O narrador da Rede Globo ironizou a decisão da escuderia italiana, que determinou que Charles Leclerc não ultrapassasse Sebastian Vettel durante o GP da Austrália.

"Leclerc experimentou o sabor amargo que existe em ser piloto da Ferrari. Tem um lado maravilhoso, mas tem um sabor amargo também. Ele (Leclerc) chegou a estar a sete décimos (de Vettel). Tirou dez segundos para sete décimos", disse Galvão quando a dupla da Ferrari cruzava a linha de chegada.

"Começou bem, Mattia Binotto? Já começou mandando o seu piloto levantar o pé", completou, quando a transmissão mostrou imagens do novo chefe de equipe da Ferrari.

Sebastian Vettel e Charles Leclerc completaram a prova na quarta e quinta colocação, respectivamente. Na segunda metade da prova, no entanto, o monegasco - que fez a sua estreia na Ferrari - se aproximou do companheiro, mas recebeu ordens para não ultrapassá-lo.

"Devo ficar atrás de Sebastian? Sim ou não? ", questionou Leclerc em comunicação pelo rádio. "Sim. E recue para ter alguma margem", foi a resposta ouvida no áudio.

Antes do início da temporada, Binotto havia declarado que deixaria a dupla de pilotos livres para disputarem posições na pista. A decisão nesta madrugada, no entanto, contradisse o chefe da equipe.

O GP da Austrália teve vitória dominante de Valtteri Bottas, da Mercedes. O finlandês superou em mais de 20 segundos o companheiro Lewis Hamilton e classificou a corrida como a melhor de sua carreira. Max Verstappen, da Red Bull, completou o pódio.

A Fórmula 1 volta no dia 31 de março, com o GP do Bahrein, em Sakhir.