Topo

Futebol


Demora por reforços volta a preocupar Sampaoli após bom começo do Santos

Técnico teme que começo dê falsa impressão de que elenco está pronto - Ivan Storti/SantosFC
Técnico teme que começo dê falsa impressão de que elenco está pronto Imagem: Ivan Storti/SantosFC

Eder Traskini

Do UOL, em Santos (SP)

30/01/2019 16h56

O Santos do técnico Jorge Sampaoli vai muito bem, obrigado. Mesmo assim, o argentino está incomodado com a demora na contratação dos reforços pedidos, segundo apurou o UOL Esporte. O medo do novo comandante é que os resultados deste início de temporada criem a falsa ilusão de que o elenco está pronto.

Sampaoli quer ao menos mais três reforços para o time: um lateral-esquerdo que chegue para ser titular, um centroavante também para a equipe inicial e um ponta velocista para repor a saída de Bruno Henrique - mas este pode vir para compor elenco, já que o paraguaio Derlis González decidiu ficar no clube e vem correspondendo em campo.

O argentino acompanha os noticiários e vê que o Santos está sendo bastante citado, tendo inclusive mudado a opinião de parte da imprensa que chegou a colocar seu time como quarta força do futebol paulista. Após entregar até mais do que era esperado do time dentro de campo, e de forma mais rápida do que se imaginava, Sampaoli agora quer receber os reforços que permitirão a ele que dispute todos os campeonatos do ano.

Até aqui, o Santos já contratou o meia-atacante venezuelano Yeferson Soteldo, o zagueiro colombiano Felipe Aguilar e o goleiro Everson. Os três foram pedidos de Sampaoli e dois deles já corresponderam dentro de campo: Soteldo anotou um bonito gol logo em sua estreia e Felipe Aguilar estreou no clássico, fez uma partida sólida na defesa e ainda quase anotou seu primeiro gol em bola aérea.

Leia também:

Para a lateral esquerda, o Santos tem conversas adiantadas com Adriano, do Besiktas (Turquia), que tenta sua liberação da equipe por salários atrasados. O jovem ponta Michael, do Goiás, é o alvo para compor o elenco, mas a alta pedida do clube esmeraldino dificulta o negócio.

A maior incógnita é no comando de ataque: Nicolás Blandi, pedido de Sampaoli, está praticamente descartado diante da elevada pedida do San Lorenzo (acima dos US$ 6 milhões). Quem recentemente entrou na mira santista foi Diego Tardelli, que pode estar de saída de seu clube na China.

Tardelli brilha e garante vitória do Shandong Luneng no Chinês

UOL Esporte

Futebol