Topo

Esporte


Com golaços de Messi e Suárez, Barcelona vence e abre 10 pontos no Espanhol

Jorge Guerrero/AFP
Imagem: Jorge Guerrero/AFP

Do UOL, em São Paulo

2019-03-17T18:38:08

17/03/2019 18h38

O Barcelona iniciou a rodada deste fim de semana do Campeonato Espanhol com sete pontos de vantagem para o segundo colocado. Neste domingo (17), jogando fora de casa contra o Real Betis, o clube contou com hat-trick do craque Lionel Messi e pintura de Suárez para vencer por 4 a 1, e ampliar ainda mais sua folga na primeira colocação.

A 10 rodadas do fim do Espanhol, o Barcelona está cada vez mais perto de conquistar mais um título da competição. Com a vitória deste domingo, o time de Messi chegou aos 66 pontos, 10 a mais que o Atlético de Madrid, que tem 56 e perdeu no último sábado (16). O Barcelona volta a campo no sábado (30), em partida contra o Espanyol, no Camp Nou.

Marcelo Del Pozo/Reuters
Imagem: Marcelo Del Pozo/Reuters

O melhor: Lionel Messi

Artilheiro do Campeonato Espanhol com 29 gols, o craque argentino Lionel Messi foi o dono do jogo. Quando o Barcelona ainda sofria para encontrar seu futebol, o atacante cobrou falta magnífica no canto do goleiro Pau Lopez e deu mais tranquilidade ao líder da La Liga. Em seguida, o argentino recebeu passe de calcanhar de Suárez em jogada de habilidade e tocou na saída do goleiro.

No segundo tempo, com a vitória já encaminhada, Messi resolveu dar um presente aos torcedores do Barcelona; tabelou com Rakitic e deu um toque maravilhoso por cobertura.

O pior: Bartra

O zagueiro Bartra enfrentou sua ex-equipe e não fez uma boa partida. Contra um ataque estrelado e em dia inspirado de Messi e Suárez, o defensor não conseguiu impedir que sua equipe não sofresse gols. Para piorar, o defensor ainda levou drible desconcertante de Suárez e foi ao chão no terceiro gol do Barça.

Messi iguala Iniesta em número de partidas

A partida deste domingo marcou o jogo de número 674 de Lionel Messi com a camisa do Barcelona. Com isso, o atacante argentino igualou o espanhol Andrés Iniesta em número de partidas, e agora é o segundo que mais vestiu o manto do Barça, atrás somente de Xavi, com 767 jogos. Puyol e Migueli, com 593 e 549 jogos, respectivamente, completam o "Top 5".

No duelo entre os times com mais posse de bola, Barça leva a melhor

Com 64.8%, o Barcelona é o time com maior média de posse de bola no Espanhol, seguido pelo Betis, com 63.8%. Em duelo com duas equipes que gostam de manter a bola nos pés, o Barcelona levou a melhor, mas, antes de garantir a vitória, viu o Betis tocar a bola com qualidade e dominar o meio de campo. O Barcelona, com os volantes Rakitic, Vidal, Arthur e Busquets, tinha saída de bola lenta. Após lance genial de Messi em cobrança de falta, o time da casa precisou lançar-se ao ataque, e, com muito espaço em sua defesa, permitiu com que o Barcelona desfilasse seu futebol.

Com Barcelona 'travado', Messi descomplica

Diante de um adversário duro e com estilo de jogo parecido, coube ao líder Lionel Messi mostrar seu poder de decisão. Após o brasileiro Arthur sofrer falta na entrada da área, o argentino assumiu a responsabilidade e cobrou com categoria, no canto do goleiro Pau López, que não conseguiu chegar na bola. Minutos depois, após Vidal cavar falta no mesmo setor do campo, Messi bateu falta por cima da barreira, mas, dessa vez, não surpreendeu o arqueiro rival.

Com o Betis partindo para o ataque e dando espaços na defesa, o jogo do Barcelona passou a fluir com maior naturalidade. Em veloz contra-ataque, Suárez deu toque de calcanhar para deixar Messi na cara do gol; bastou o argentino chutar na saída de López para anotar o segundo gol. Com a partida já encaminhada para a vitória do clube catalão, Messi deu um presente para seus torcedores. Após tabela com o volante Rakitic, o "E.T." viu López adiantado e, de perna esquerda, encobriu o rival. Show do argentino no Benito Villamarín.

Jorge Guerrero/AFP
Imagem: Jorge Guerrero/AFP

Suárez faz pintura

Com Messi dando show, Luis Suárez não quis ficar muito atrás do colega e resolveu deixar sua pintura no duelo também. Minutos depois de perder gol cara a cara com Pau López ao chutar próximo à trave, o "pistoleiro" uruguaio fez um gol de placa - o terceiro do Barça. Em arrancada veloz, o atacante entortou o zagueiro Batra, que foi ao chão, em drible desconcertante, passou por Mandi e finalizou certeiro na saída de López.

Jorge Guerrero/AFP
Imagem: Jorge Guerrero/AFP

Zaga do Barcelona vacila

O Barcelona está longe de ter uma zaga que gere muita preocupação ao técnico Ernesto Valverde. No entanto, neste domingo, a dupla Piqué e Lenglet não esteve em um dia inspirado. Contra um time veloz e que toca a bola com velocidade, os zagueiros não conseguiram acompanhar o ritmo do rival, e tiveram de contar com as ajudas dos laterais e do goleiro Ter Stegen para manter o Barcelona sem sofrer gols no primeiro tempo.

Na segunda etapa, no entanto, os defensores não tiveram tanta sorte. Após bate e rebate dentro da pequena área, a defesa do Barcelona não conseguiu afastar o perigo e Loren, que entrou no segundo tempo, chutou no ângulo para diminuir para o Betis.

Jesé perde oportunidade de abrir o placar

Antes do show de Messi ter início, o Betis equilibrava a partida e incomodava a defesa catalã. Usando bem as laterais, o time da casa apostava na velocidade de seus pontas e na qualidade do camisa 10 Jesé, ex-Real Madrid. Com o placar ainda em igualdade, o principal nome do Betis perdeu chance incrível. Aos 12 minutos, Guardado desviou passe de Joaquín e Jesé apareceu livre para finalizar, mas não alcançou a bola. Poucos minutos depois, Messi abriria o placar.

Argentino encontra uma de suas vítimas favoritas

Muitos torcedores do Barcelona se animam quando Lionel Messi enfrenta o Betis. E os números jogam a favor dos catalães. Quando pisou no gramado do estádio Benito Villamarín, o atacante argentino ostentava belo retrospecto contra o rival: 16 gols em 18 jogo. Com os tentos anotados neste domingo, o argentino chegou aos 19 gols contra o Betis.

Mais Esporte