Topo

Futebol


"Quem perde sempre chora", dispara Everton após vitória em Gre-Nal

Atacante Everton provocou depois de clássico Gre-Nal deste domingo, na Arena - Lucas Uebel/Grêmio
Atacante Everton provocou depois de clássico Gre-Nal deste domingo, na Arena Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek e Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

17/03/2019 21h13

O atacante Everton disparou após a vitória do Grêmio no clássico Gre-Nal. Depois de se envolver em confusão com o volante Rithely, do Inter, no fim da partida, que terminou 1 a 0 para o Tricolor, ele não poupou as palavras.

"Eu reclamei de uma falta, que acho que não precisa disso, sei que foi na maldade, deu um soco na minha nuca. Eu disse que não precisa disso, depois teve mais uma, tomei uma cotovelada do Lindoso no rosto, a arbitragem não viu. A gente costuma dizer que quem perde sempre chora e ele optou pela violência", disparou o atacante.

No lance, Rithely realmente fez carga com força desmedida no adversário. Houve um princípio de discussão, mas o placar já estava definido.

Com Nonato expulso aos 29 minutos do primeiro tempo, o Grêmio venceu com gol de Leonardo Gomes e acabou garantindo a primeira posição na fase inicial do Gauchão. De quebra derrubou o Inter para terceiro.

Ambos os times optaram por times reservas no jogo, uma decisão que o Inter tomou na sexta-feira e o Grêmio minutos antes do jogo.

"Independente que fosse jogar, sabíamos o que tínhamos que fazer. A decisão veio no vestiário, já que eles vieram com alternativo, ele (Renato) também optou por fazer assim, e foi feliz na escolha", finalizou.

Mais Futebol