Topo

Internacional

Personagem do Gre-Nal, Nonato ganha apoio de rival e proteção no Inter

Ricardo Duarte/SC Internacional
Nonato foi expulso no Gre-Nal de domingo e ganhou proteção do Internacional Imagem: Ricardo Duarte/SC Internacional

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

2019-03-18T11:00:00

18/03/2019 11h00

Nonato foi vilão na derrota do Inter para o Grêmio no clássico Gre-Nal de domingo. Expulso aos 29 minutos do primeiro tempo, o jovem meio-campista de 21 anos pediu desculpas aos colegas no vestiário. E a compaixão não veio só de quem defende as mesmas cores. Ex-colega no São Caetano e hoje no Grêmio, Matheus Henrique também prestou solidariedade.

Foi Matheus o protagonista na expulsão de Nonato. Sofreu uma dura falta no meio-campo, que combinada com outra logo em seguida e uma discussão enquanto ainda estava no chão não deu a Anderson Daronco outra alternativa que não mostrar o segundo amarelo, e consequente vermelho, ao cabeludo do Inter.

Depois da partida, o ex-companheiro de São Caetano desde a base não provocou nem foi insensível ao tratar do hoje oponente. Mas prestou solidariedade.

"Ele é um ótimo jogador, foi uma infelicidade, talvez pelo clima do jogo. Uma pena. Eu fico chateado por ele, era o primeiro clássico dele, é meu amigo. São coisas do jogo, vamos conversar depois, nos entender", disse.

E o bate-papo ocorreu na porta do vestiário visitante da Arena. Um abraço, uma troca de camisas, e breves palavras que irão se repetir, mesmo um defendendo vermelho e o outro azul em Porto Alegre.

Do Inter, Nonato não ouviu cobranças. A crença na evolução dele a partir do erro no Gre-Nal é unanimidade nos bastidores do clube.

"Hoje procurei nem entrar tanto na situação específica. Mas vamos conversar por se tratar de um jovem. Ele já entrou na Libertadores, hoje era importante para o crescimento profissional dele. É assim que se desenvolve, se cresce. Vamos observar as duas faltas para ver se naquele momento ele não poderia esperar mais. Mas faz parte do crescimento. Nada de cobrança. Está tudo dentro de uma normalidade. É claro que ele saiu chateado, não gostaria disso, mas vamos ver os lances e aprender para sua evolução na carreira dentro do campo de jogo. Ele tem personalidade, tem dado resposta e nos ajudado bastante", disse o técnico Odair Hellmann.

Rapidamente na zona mista, os jogadores do Inter relataram que Nonato pediu desculpas ao elenco por deixar o time com um a menos durante tanto tempo. O placar foi construído depois da expulsão, com vitória do Grêmio por 1 a 0.

O Internacional se reapresenta nesta segunda-feira. Na quarta terá pela frente o Novo Hamburgo pela última rodada da primeira fase do Gaúcho.