Topo

Seleção Brasileira


Jesus admite parada na carreira após Copa sem gols: "foi difícil assimilar"

Gabriel Jesus admitiu que foi difícil superar Copa do Mundo em branco - Pedro Martins/Mowa Press
Gabriel Jesus admitiu que foi difícil superar Copa do Mundo em branco Imagem: Pedro Martins/Mowa Press

Danilo Lavieri

Do UOL, em Porto (Portugal)

19/03/2019 15h55

Gabriel Jesus admitiu que ter passado em branco como centroavante da seleção brasileira na Copa do Mundo o deixou abalado. Em entrevista concedida hoje após o treino no CT do Porto, o atacante disse que considera normal a irregularidade na carreira por ainda ser jovem.

Depois de um início arrasador e a titularidade com a amarelinha, ele agora amarga a reserva de Roberto Firmino entre os comandados de Tite e também fica no banco de reservas de Sérgio Agüero no Manchester City.

"Hoje, (a falta de gols na Copa) não pesa mais. Mas logo após a Copa foi muito difícil para assimilar. Mas, hoje, eu vivo esse momento não só por um problema meu, mas também pela grande fase do Agüero. Naquela época do pós-Copa, sim, foi mais difícil. Eu pensei muito nisso e foi realmente difícil", afirmou.

"Foi o momento mais difícil que vivi como jogador. Mas eu superei, foi normal. Eu trabalhei, conquistei o meu espaço de novo e tenho ajudado o meu time. A Copa me abalou, mas foi só no começo da temporada", completou.

Gabriel Jesus afirmou que a melhor forma de superar o Mundial ruim que ele disputou tem sido conversar com amigos e família. Segundo ele, a ascensão meteórica acabou virando um elemento extra de pressão quando os gols pararam de sair.

No treino de hoje, ele viu Roberto Firmino ser chamado por Tite para integrar o time que deve ser titular no sábado contra o Panamá, no Estádio do Dragão, em Portugal. No dia 26, o time ainda enfrenta a República Tcheca, em Praga.

"Eu converso muito com a família e meus amigos. Eu tive um momento bom, surgi muito rápido, alcancei algumas coisas muito rápido e agora dei uma parada. É normal. Não tem porque eu apressar as coisas. Eu vivo, sim, essa fase de buscar a titularidade. Mas eu perdi a vaga para o maior goleador do meu clube. Tive algumas lesões e estou buscando meu espaço de novo", finalizou.

Alex Telles diz que esperava convocação da seleção italiana

Band Notí­cias

Mais Seleção Brasileira