Topo

Palmeiras

Felipão ressalta qualidades do Palmeiras e volta a descartar favoritismo

Diego Salgado e Flávio Latif

Do UOL, em São Paulo

2019-06-13T23:13:00

13/06/2019 23h13

Pés no chão e humildade. Foi dessa forma que o técnico Luiz Felipe Scolari reagiu à vitória do Palmeiras por 2 a 0 sobre o Avaí, no Allianz Parque, na noite de hoje. O treinador alviverde ressaltou que a equipe não ganhou nada e frisou que ainda faltam muitos pontos a serem disputados no Brasileirão.

"Nove rodadas é campeão? Nem aqui, nem na China. Depois ficam bravos comigo, falam que sou azedo. Nove jogos. São 27 pontos. O time está jogando bem, está organizado, bem posicionado, tem espírito bom. Mas tem 87 pontos para disputar. Então, calma, porque tem outras equipes que estão bem", disse Felipão.

O treinador ainda frisou que o adversário do Palmeiras desta quinta-feira mostrou uma disposição acima do normal. "Você viu a vontade do Avaí? Precisamos ser muito superiores tecnicamente para fazer que fique mais acessível. Não é fácil para uma pessoa que comanda 30 pessoas passar o dia mostrando que não ganhou nada. Tenho de fazer outro serviço que muitas vezes não sei fazer. Eu tento passar a eles que nada se conseguiu", ressaltou.

Felipão também destacou a maturidade do Palmeiras neste começo de Brasileirão. Para ele, as derrotas na Libertadores 2018 e no Paulista 2019 - ambas na semifinal - serviram de lição para o elenco.

"Para atingir esse nível que temos foi preciso perder ano passado, perder o Paulista. Nesse ano o espírito da equipe está melhor que no ano passado. Por isso a diferença dos resultados. Isso tem ajudado a ganhar, além da técnica dos jogadores", afirmou.

O Palmeiras agora soma 22 pontos, três a mais que o Santos. São sete vitórias e um empate - considerando a vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, que não foi homologada pela CBF, são 25 pontos somados em 27 possíveis.

Depois da parada para a disputa da Copa América, o time enfrenta o São Paulo no Morumbi - o clássico ocorrerá no fim de semana dos dias 13 e 14 de julho.