Topo

Esporte


Classificado, Palmeiras pode dar chance aos que jogaram pouco; veja a lista

Célio Messias/Estadão Conteúdo
Zé Raphael pode ganhar mais chances no Palmeiras na reta final do Paulista Imagem: Célio Messias/Estadão Conteúdo

2019-03-19T09:46:36

19/03/2019 09h46

Já com desfalques e sete jogadores pendurados, Luiz Felipe Scolari vai mudar bastante o Palmeiras para o jogo desta quarta-feira, contra a Ponte Preta, no Allianz Parque. Classificado com uma rodada de antecedência às quartas do Paulista, o Alviverde pode dar chance aos que jogaram menos até aqui.

Todos os 26 inscritos foram usados ao longo de 11 jogos, mas entre os atletas de linha, por exemplo, Jean, Zé Rafael e Raphael Veiga têm poucos minutos: 14 (dois jogos), 130 (dois jogos) e 157 (três jogos), respectivamente.

Leia também:

Como Felipe Melo e Moisés estão pendurados e os cartões zeram no mata-mata, dificilmente Felipão irá usá-los. Thiago Santos, ainda que também tenha dois cartões amarelos, pode ser improvisado na zaga. Esta é uma lacuna que Jean pode preencher, e assim formar a dupla de volantes com Bruno Henrique.

Dudu, que jogou dez das 11 rodadas, é o palmeirense com mais minutos no Paulista (780). Se for poupado, Zé Rafael é considerado por Felipão seu substituto. Já Veiga briga com Lucas Lima pela vaga na armação - Ricardo Goulart também deve descansar de olho nas quartas de final.

Depois de seis jogos de suspensão, Deyverson está liberado a partir desta quarta para jogar novamente. Com apenas cinco jogos no ano contra os 11 do colombiano (contando a Libertadores), que não foi bem contra o São Paulo e é mais um pendurado, o camisa 16 deve ser outra novidade.

Mayke e Diogo Barbosa também têm dois amarelos, mas neste caso há um revezamento frequente entre a dupla e Marcos Rocha e Victor Luis.

Sem Weverton, convocado para a Seleção Brasileira, Jailson é o potencial substituto diante da Macaca, pois fez dois jogos em 2019, contra os três de Fernando Prass. Depois, os dois disputam quem começa jogando na partida de ida do mata-mata, contra o Novorizontino.

O maior problema de Felipão é na zaga. Isto porque, além de não ter Luan, machucado, ou Gustavo Gómez, com a seleção paraguaia, Antônio Carlos está suspenso. Nessa quarta, o técnico inscreveu o zagueiro do sub-20 Patrick de Lucca, uma opção ao menos para completar o banco no Allianz Parque.

Com 22 pontos, o Palmeiras precisa de um empate para garantir a ponta do Grupo B independente de outros resultados. Mas se o Novorizontino não vencer a Ferroviária, o Verdão assegura o primeiro lugar da chave, mesmo se for derrotado. Todos as partidas desta rodada serão quarta, às 21h30.

Top-5 com mais minutos pelo Palmeiras no Paulista:

1º - Dudu: 780 minutos (dez jogos)

2º - Borja: 679 minutos (nove jogos)

3º - Gustavo Gómez e Mayke: 630 minutos (sete jogos)

5º - Thiago Santos: 549 minutos (sete jogos)

Top-5 com menos minutos pelo Palmeiras no Paulista:

1º - Jean: 14 minutos (dois jogos)

2º - Zé Rafael: 130 minutos (dois jogos)

3º - Raphael Veiga: 157 minutos (três jogos)

4º - Jailson: 180 minutos (dois jogos)

5º - Deyverson: 234 minutos (quatro jogos)

Mais Esporte