Topo

MMA


Tio de lutador do UFC foi uma das vítimas de atentado na Nova Zelândia

Do UOL, em São Paulo

2019-03-19T15:17:12

19/03/2019 15h17

O atentado terrorista contra duas mesquitas da cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, vitimou o tio de Mark Hunt, lutador do UFC. Além dele, ao menos outras 49 pessoas morreram no ataque e outras 48 ficaram feridas.

Em sua página oficial no Facebook, Hunt agradeceu o apoio que tem recebido na Nova Zelândia após o atentado. "O apoio aqui na Nova Zelândia tem sido tão incrível, nós estamos sem palavras. Moro em Auckland, mas vim para Christchurch quando ouvi sobre o atentado. Infelizmente, perdi meu tio no tiroteio", relatou.

O atentado aconteceu na última quinta-feira (14). Os tiros atingiram a mesquita Al Noor, no centro da cidade, e a mesquita Linwood, que fica a cerca de cinco quilômetros da primeira.

Três pessoas foram presas suspeitas de autoria. Apontado pelas autoridades como o autor do ataque na mesquita de Al Noor, Brenton Tarrant filmou sua ação e teria postado nas redes sociais um manifesto antimuçulmano.