Topo

Esporte


Do Bronx revela que conversa com empresário definiu seu futuro nos leves

Felipe Paranhos, em Fortaleza (CE)

Ag. Fight

31/01/2019 14h56

Charles Do Bronx viveu um período de dúvidas em determinado momento da carreira. Peso-pena (66 kg) de origem, o especialista em jiu-jitsu tinha dificuldades com a balança e não bateu a marca em quatro ocasiões durante sua carreira. Por isso, ele foi obrigado a subir de divisão e definiu, após seu último combate, que seguiria em definitivo sua trajetória nos pesos-leves (70 kg).

Durante entrevista exclusiva para a Ag Fight direto de Fortaleza, o brasileiro revelou que uma conversa com seu empresário foi crucial para ele definir seu futuro como atleta. Seu representante tinha uma visão contrária à de Charles e aconselhou o lutador a não retornar para a divisão dos penas novamente, como era de seu desejo, e aproveitar a chance de parar de brigar com a balança.

"Acho que não, isso é questão de trabalho, de se dedicar. Eu pedindo para lutar 66 kg e meu empresário dizendo: Será que é realmente isso que a gente tem que fazer? Descer para o 66? Estamos lutando bem de 70 kg, vamos manter o foco, continuar treinando, fazendo acontecer, trabalhando com realmente deve trabalhar um lutador de 70 kg?. Então o fato (para ter sucesso) é treinar e se dedicar", revelou Do Bronx, antes de comentar seu momento atual comparado à última luta no UFC.

"A gente nem parou de treinar, manteve focado. Realmente deve ser isso que vai acontecer, vamos ficar no 70 kg. Então estamos trabalhando isso, ficar mais forte cortando peso. Acho que foi pouco tempo de lá para cá, então não tem tanto: Ah, o Charles mudou isso?. Mas estamos trabalhando nisso, crescendo cada vez mais. Como eu falei, é um Charles bem feliz para essa luta, bem mais forte, falta gramas para bater o peso, então está tudo certo", completou o paulista de 29 anos.

Charles também admitiu que, apesar da mudança de categoria, seu peso natural, quando não possui luta marcada, permanece o mesmo. No entanto, obviamente o brasileiro encontra maior facilidade na hora de atingir a marca dos leves, o que inclusive, de acordo com o próprio, ajudou a manter um nível de pegada mais intenso durante o camp de preparação.

"Eu sempre fico com 77 kg, 78 kg. Esse é meu peso, não passo disso. Para 70 kg é coisa boba, mas para 66 kg é um pouco mais complicado. Tem caras que cortam bem mais peso. Então na realidade eu só queria mais uma oportunidade de lutar de 66 kg para mostrar que realmente eu posso bater o peso. Na última luta agora contra o Jim Miller eu bati 68 kg no dia então é pouca coisa para bater 66 kg. Mas eu precisava de tempo, tinha que ver o que iria acontecer. Mas no 70 kg estamos lutando bem, consigo treinar forte, cortar o peso forte então consigo lutar forte", declarou o agora peso-leve do UFC.

Neste sábado (2), Do Bronx terá mais um desafio na categoria até 70 kg. O brasileiro mede forças contra o sueco David Teymur. O confronto, que fará parte do card principal do UFC Fortaleza, promete ser um confronto de estilos opostos de jogo. Recordista de finalizações no Ultimate, Charles terá pela frente um adversário que aposta nas mãos pesadas para nocautear os rivais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Esporte