Topo

Esporte


Marlon Moraes minimiza perda de protagonismo para Aldo no UFC Fortaleza

Felipe Paranhos, em Fortaleza (CE)

Ag. Fight

31/01/2019 16h35

Neste sábado (2), Marlon Moraes e Raphael Assunção farão a luta principal do UFC Fortaleza. No entanto, quem parece liderar mesmo este card é Jose Aldo, que mede forças com Renato 'Moicano' no co-main event do show. E 'Magic' não parece incomodado com essa situação que, de acordo com ele, é normal devido à fama do ex-campeão do Ultimate.

Durante entrevista nesta quinta-feira no 'media day', que contou com a presença da Ag Fight, Marlon minimizou o "roubo" do protagonismo atribuído à Aldo por parte da imprensa e fãs. O peso-galo (61 kg) exaltou o status do ex-campeão peso-pena (66 kg) e projetou um aumento de popularidade no Brasil após liderar o card de Fortaleza.

"Com certeza, a partir de sábado a gente vai conseguir abrir os olhos de muito mais gente. Mas tenho que concordar um pouco com as pessoas, porque o Aldo é um ídolo, não só das pessoas, mas da maioria dos lutadores do card, todo mundo assistiu ele", admitiu Moraes, antes opinar sobre a escolha do combate principal da noite.

"Mas essa luta não é a principal, a luta principal somos nós dois, eu e Raphael nós estamos aptos para segurar isso aí, é uma luta que decide muito na categoria, acho que fez todo o sentido ser a luta principal, mesmo tendo o Aldo no card. Tiveram algumas questões quanto a ele, não sei muito bem, mas a gente está aqui, nós somos a luta principal, estamos preparados, vai ser uma grande luta", completou o atleta da 'Ricardo Almeida Jiu-Jitsu'.

O duelo entre Assunção e Marlon, atuais número 3 e 4 do ranking, respectivamente, deve credenciar o vencedor a uma disputa de cinturão em seguida. Os pesos-penas já se enfrentaram anteriormente em 2017 com vitória de Raphael por decisão dividida. Dessa vez, Moraes prometeu uma performance dominante para não deixar dúvidas nos juízes responsáveis pelo combate.

Esporte