Topo

Esporte


Masvidal revela porque agrediu Leon Edwards nos bastidores do UFC Londres

Ag. Fight

17/03/2019 19h08

Ao final do UFC Londres, evento realizado no último sábado (16) na capital inglesa, Jorge Masvidal, vencedor da luta principal do show, agrediu Leon Edwards, que acabara de triunfar no co-main event desta edição. E depois de algumas horas em que o os atletas puderam acalmar os ânimos, as primeiras versões do que de fato teria acontecido começam a ser reveladas.

Primeiro a falar, Masvidal conversou com a reportagem da ESPN nos EUA ainda na saída do ginásio O2 Arena e afirmou que o rival o provocou primeiro, clamando por um duelo em julho. Ele, por sua vez, caminhou na direção de Edwards e pediu que ele repetisse a frase. A partir daí, a briga começou.

"Eu estava dando uma entrevista e esse hooligan passa dizendo algo: 'Julho, terá seu traseiro chutado em julho'. (...) Então eu disse: 'Fala isso na minha cara'. (...) Eu caminhei em direção a ele com minhas mãos nas costas em sinal de que não haveria problemas. Mas ele colocou as mãos dele para cima e andou até mim. De onde eu venho, se você faz isso é porque você vai me socar. E isso não vai acontecer", narrou, se referindo aos momentos que antecederam a troca de socos nos corredores.

De acordo com as imagens, após a 'turma do deixa-disso' entrar em ação e separar os brigões, parte do time de Leon passou a ofender e intimidar Masvidal, que afirmou que eles ainda tentaram agredi-lo antes de deixarem o ginásio, o colocando em situação de temor pela própria segurança.

"Eu estava com medo. Pode não parecer porque eu sou sangue frio, mas eu estava com medo pela minha vida. 'Esse hooligan está aqui e vai me atacar'. Ele não deveria ter andando até mim como se fosse me socar. Eu soquei primeiro. Serei punido só porque o acertei primeiro?", finalizou.

Esporte