Topo

Esporte


Diretor da Roma lamenta 7 a 1 e fala em "pior noite" da carreira

30/01/2019 19h41

Roma, 30 jan (EFE).- O diretor esportivo da Roma, Monchi, lamentou a eliminação nas quartas de final da Copa da Itália, ocorrida com uma goleada contra a Fiorentina por 7 a 1 nesta quarta-feira, em Florença, e disse não se recordar de ter vivido uma experiência tão ruim no futebol.

Monchi pediu desculpas à torcida 'giallorossa' pelo mau desempenho do time do técnico Eusebio di Francesco no estádio Artemio Franchi e lamentou o placar elástico, construído com três gols de Federico Chiesa, dois de Giovanni Simeone, um de Luis Muriel e um de Marco Benassi.

"É muito difícil comentar, talvez seja a pior noite e a mais dolorosa da minha história como diretor esportivo. É dura. É um dia no qual só devemos pedir desculpas a todos os torcedores, aos que vieram a Florença e aos que estavam em casa", disse Monchi ao site oficial do Roma.

"Só posso pedir perdão, perdão, perdão. Não é o dia para fazer outras avaliações, só quero dizer perdão", acrescentou o dirigente, que pediu apoio da torcida em um momento difícil. "A única maneira para sair disso é fazermos tudo juntos. Não acredito que seja o dia para castigar-nos, já fomos castigados em campo", destacou.

Por sua vez, o técnico Eusebio Di Francesco disse que não planeja pedir demissão e se uniu a Monchi nos pedidos de desculpas aos torcedores. EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Esporte