Topo

Esporte


Uefa abre processo disciplinar contra Cristiano Ronaldo por gesto obsceno

2019-03-18T10:47:00

18/03/2019 10h47

Redação Central, 18 mar (EFE).- A Uefa abriu um processo disciplinar contra o atacante Cristiano Ronaldo, da Juventus, pelo gesto obsceno feito após o clube italiano eliminar o Atlético de Madrid nas oitavas de final da Liga dos Campeões.

Segundo informou a entidade nesta segunda-feira, o processo se baseia no artigo 55 do Regulamento de Ética e Disciplina e vem após a investigação feita por um inspetor. O jogador português foi acusado de "conduta inadequada" e o Comitê de Controle, Ética e Disciplina tomará uma decisão sobre este caso em 21 de março.

CR7 marcou os três gols da vitória por 3 a 0 em Turim, resultado que eliminou o rival. Ao término da partida, o atacante comemorou fazendo um gesto obsceno, uma clara imitação do que tinha sido feito pelo técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, quando o clube espanhol venceu o jogo de ida por 2 a 0. Na ocasião, a Uefa multou Simeone em 20 mil euros por "conduta inadequada".

O técnico da Juventus, Massimiliano Allegri, afirmou no sábado passado que não teme que Cristiano Ronaldo seja punido pelo gesto e que acredita que o craque estará disponível para o confronto contra o Ajax nas quartas de final.

"Acho que na terça-feira todo mundo comemorou de maneira distinta. No estádio havia 42 mil torcedores, deveriam punir todos. Não me parece algo particular (a comemoração de Cristiano Ronaldo). Não temos medo de uma sanção, e não acontecerá", afirmou Allegri em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira. EFE

Mais Esporte